Estatística

6 de ago de 2011

YOGA BRAZIL --- OLHE AO REDOR

Onde estiver, olhe ao seu redor, observe as pessoas. Viaje, veja, experiencie outras formas de pensar e de viver. E contemple a maravilha de ser uma entre milhões de formas possíveis.
                                                                                           Namastê!

5 de ago de 2011

YOGA BRAZIL --- O HOMEM E DEUS!

Um homem sussurrou: Deus fale comigo.
E um rouxinol começou a cantar
Mas o homem não ouviu.

Então o homem repetiu:
Deus fale comigo!
E um trovão ecoou nos céus
Mas o homem foi incapaz de ouvir.

O Homem olhou em volta e disse:
Deus deixe-me vê-lo
E uma estrela brilhou no céu
Mas o homem não a notou.

O homem começou a gritar:
Deus mostre-me um milagre
E uma criança nasceu
Mas o homem não sentiu o pulsar da vida.

Então o homem começou a chorar e a se desesperar:
Deus! Toque-me e deixe-me sentir que você está aqui comigo...
E uma borboleta pousou suavemente em seu ombro
O homem espantou a borboleta com a mão e desiludido
Continuou o seu caminho triste, sozinho e com medo...

Até quando teremos que sofrer para compreendermos que Deus está sempre aonde está a vida? Até quando manteremos nossos olhos e nossos corações fechados para o milagre da vida que se apresenta diante de nós em todos os momentos?                                                                       Namastê!

3 de ago de 2011

YOGA BRAZIL --- RECONHECER A VACUIDADE DOS PENSAMENTOS



A mente ordinária é caprichosa como um macaco incansável: instantaneamente feliz quando damos a ele um pouco de comida e repentinamente furioso no momento em que o ameaçamos com uma vara.
A todo instante a mente se move para algo novo. Em um momento podemos pensar no guru com grande devoção, no próximo estamos ansiando por algum objeto desejável. Essas sequências de pensamentos e estados mentais estão constantemente mudando, como as formas das nuvens ao vento, mas mesmo assim damos grande importância a elas.
Um velho homem vendo crianças brincarem sabe muito bem que o que quer que esteja acontecendo não tem nenhuma importância e não se sente nem entusiasmado nem perturbado com o jogo delas. As crianças, contudo, levam isso muito a sério.
Como elas, sempre que vivenciamos sofrimento, em vez de encará-lo como o resultado — semelhante a um sonho — de nossas ações passadas negativas e fazer disso uma oportunidade para tomar sobre nós o sofrimento dos outros, nos sentimos perturbados e deprimidos. Dizemos a nós mesmos que como já fizemos tanta prática realmente não merecemos tal angústia, e começamos a sentir dúvidas em relação às bênçãos do mestre e das Três Jóias. Tal atitude só pode ampliar nossas dificuldades.
É a mente que cria samsara e nirvana. E ainda assim não é nada demais, são apenas pensamentos. Uma vez que reconheça os pensamentos como vacuidade, a mente não mais terá o poder de te enganar. Mas enquanto tomar seus pensamentos iludidos como reais, eles continuarão a te atormentar sem piedade, como têm feito através de incontáveis vidas passadas.
Para ganhar controle sobre a mente, você precisa estar consciente sobre o que fazer e o que evitar, e também precisa estar bem alerta e vigilante, constantemente examinando seus pensamentos, palavras e ações.

2 de ago de 2011

YOGA BRAZIL --- A BORBOLETA E A FLOR

Certa vez, um homem pediu a Deus uma flor e uma Borboleta.
Mas Deus lhe deu um Cacto e  uma Lagarta.
O homem ficou triste pois não entendeu o porque do seu pedido vir errado.
Daí pensou: "Também, com tanta gente para atender..."
E resolveu não questionar.
Passado algum tempo, o homem foi verificar o pedido que deixara esquecido.
Para sua surpresa, do espinhoso e feio Cacto, havia nascido a mais bela das flores.
E a Lagarta  transformara-se em uma Belíssima Borboleta.
Deus sempre age certo. O seu Caminho é sempre o melhor,
mesmo que aos nossos olhos pareça estar dando tudo errado.
Se você pediu uma coisa e recebeu outra, confie.
Nem sempre o que você deseja é o que você precisa.
Como ele nunca erra na entrega dos seus pedidos, siga em frente, sem murmurar ou duvidar.
O espinho de hoje será a flor de amanhã!

1 de ago de 2011

YOGA BRAZIL --- CHOCOLATE QUENTE


Um grupo de pessoas graduadas e bem estabelecidas em suas carreiras estava conversando em uma reunião e resolveram visitar
um antigo professor da faculdade, agora aposentado.
Durante a visita conversa girou em torno de queixas sobre estresse no trabalho e em suas vidas.
Oferecendo chocolate quente aos seus convidados, o professor foi até a cozinha e voltou com uma grande vasilha com chocolate quente e várias xícaras de porcelana, vidro, cristal; algumas simples, outras caras; algumas requintadas, dizendo para eles se servirem de chocolate quente.
Quando todos tinham uma xícara de chocolate na mão, o professor disse:
Notem que todas as xícaras bonitas e caras foram pegas, ficando para trás as simples e baratas.
Embora seja normal para vocês quererem somente o melhor para si mesmos, é esta a fonte dos seus problemas e estresse.
A xícara em que vocês estão bebendo não acrescenta nada à qualidade do chocolate quente. Na maioria dos casos é só mais cara. E em alguns casos até esconde o que bebemos.
O que todos vocês queriam era o chocolate quente; não a xícara. Mas inconscientemente se dirigiram para as melhores xícaras.
E então começaram a observar a xícara uns dos outros.
Agora considerem isto:
A vida é o chocolate quente; O trabalho de vocês, dinheiro e posição na sociedade são as xícaras.
Eles são apenas instrumentos para manter e conter a vida.
A xícara que vocês possuem não define, nem muda a qualidade de vida que vocês têm.
Algumas vezes, por concentrarmos apenas na xícara, nós falhamos em desfrutar do chocolate quente.
A vida faz o chocolate quente; o homem escolhe as xícaras.
As pessoas mais felizes não têm o melhor de tudo. Elas simplesmente fazem o melhor com o que têm.
Viva com simplicidade. Ame generosamente. Importe-se profundamente. Fale com bondade. E desfrute do seu chocolate quente!