Estatística

24 de nov de 2011

YOGA BRAZIL --- OFERECENDO PAZ


Prece do Karma Yoguin

Pai, já compreendi que, enquanto pensar que acumulo méritos cada vez que ajudo alguém, estou enganado, e em vez de servir-Te, estou me servindo, eu que aspiro a recompensas.
Pai, ajuda-me sempre a lembrar-me de que a mim cabe o esforço, mas que não tenho direito aos frutos da ação.
Ensina-me, Pai, a aceitar os resultados, mesmo os mais adversos e aparentemente inaceitáveis resultados de minhas ações.
Ensina-me a não mais dizer minhas ações.
Sou apenas um instrumento em Tuas mãos cósmicas. Aciona-me.
Nenhum instrumento age. A ação é de Quem o manuseia.
Perdoa as imperfeições do instrumento que eu tenho sido.
Perdoa algumas vezes que me envaideci de atos que Tu, utilizando-me, executaste.
Ajuda-me a ficar indiferente a elogios, agradecimentos, recompensas... que, como instrumento, não me são devidos.
Pai, estou contra Tua Lei quando recebo proventos de meu trabalho profissional?!
Tu bem sabes, meu Deus, que mesmo quando busco servir profissionalmente, estou ligado com a Fonte Alimentadora, que És Tu.
Utiliza-me. Empresta-me Tua Luz e Tua Força.

Nenhum comentário:

Postar um comentário